Pesquisadores da University of California (San Diego) desenvolveram um novo método de busca de imagens que pode superar, “por uma significante margem”, os mecanismos de buscas hoje disponíveis. As imagens acima mostram a análise de uma foto à qual o novo algoritmo associa os tags “água”, “pessoa” e “nadador”.
O novo método teve como ponto de partida um mecanismo para “ensinar” a computadores o reconhecimento de imagens e analisa elementos como forma, cor e textura de uma imagem, antes de pregar-lhe um tag de identificação.
Uma vez criado um tag, ele pode ser descrito de maneira genérica, de forma que o algoritmo busque semelhanças estatísticas em outras imagens disponíveis.
Seus criadores afirmam que, dessa forma, o que se está buscando é a criação de “tags semânticos”.
Uma reportagem descrevendo o método e suas possibilidades está disponível na Technology Review, do MIT.
marcos palacios