O filme O Ultimato Bourne, o terceiro da série Bourne (Matt Damon), sobre o espião sem memória inspirado nos livros de Robert Ludlum (1927-2001), tem uma cena em que um jornalista do The Guardian (Paddy Considine) se vê sob as balas de um atirador da CIA numa estação de metrô lotada.

Um comentário de Peter Bradshaw sobre o filme, no The Guardian, fala da cena e brinca com a situação dizendo que é bom ver um jornalista no papel de herói coadjuvante, mas diz que há algumas incorreções na cena:
“O Manual de Redação do The Guardian claramente recomenda que se você está sob uma chuva de balas de um assassino a serviço de uma agência de inteligência questionável, você deve se enfiar no cibercafé mais próximo e começar a bloggar para manter seus leitores informados”.

Bom humor e boas relações com a Blogosfera.
Faz lembrar algum contra-exemplo destas nossas terras? ÃO? ÃO? ÃO?

marcos palacios