De acordo com o The Economist, os serviços de redes de relacionamento (MySpace, Orkut, FaceBook, etc) estão prestes a superar os sites pornográficos como os mais populares na Web.

O gráfico acima mostra as tendências de crescimento de um tipo (net communities) e queda do outro (adult), fazendo com que as duas linhas rapidamente caminhem para um ponto de encontro. No ano passado, cerca de 13% das visitas a sites na Internet estavam dirigidas para sites pornô. Este ano o número caiu para 7%.
Na Inglaterra, em outubro do ano passado, os sites de buscas ultrapassaram as visitas a sites pornográficos. Foi a primeira vez que uma categoria registrou mais visitas que os sites “adultos”.
marcos palacios