Segundo informação do jornal francês Le Figaro, nos últimos três meses 81% dos internautas franceses consumiram, em suporte digital, conteúdos jornalísticos procedentes da imprensa, rádio ou televisão.
Os dados têm origem em um primeiro levantamento feito pelo Observatoire de la Convergence, elaborado pela divisão francesa de Ipsos, uma multinacional de estudos de mídia e marketing, sobre a base de 4.400 entrevistas.
Esse comportamento de consumo é mais acentuado com relação ao rádio: 65% dos internautas franceses escutaram rádio na internet, pelo menos uma vez no trimestre, com preferência por rádio musical. Conteúdos da televisão foram acessados por 37% dos internautas, enquanto que 31% consumiram material jornalístico oriundo dos jornais impressos, via suas edições em pdf.
Mais informações no Infotendencias
marcos palacios