Mark Jones, diretor de Comunidades Globais da Reuters, disse ontem na Blogging4Business Conference, em Londres, que as ferramentas da média social equiparam os leitores para que eles façam seu próprio julgamento sobre a qualidade do material noticioso distribuído pelos diferentes veículos midiáticos:
“A qualidade agora está nos olhos do observador. Até aqui, sempre achamos que um especialista poderia dizer-nos o que seria qualidade. Agora, a mídia social pode dizer-nos o que é qualidade, através de toda uma gama de ferramentas de avaliação e ranking da informação”. Operações editoriais como a minha vão ter que repensar radicalmente o que é qualidade informativa e talvez cheguemos à conclusão que ela não seja algo que aprendemos nas escolas de josnalismo”.
Mais no journalism.co.uk

marcos palacios